QUEM ESCREVE


Amanda Lima

Apreciadora de música brasileira, cronista de calçada, musicista amadora. Gosta do samba, da boemia e da malandragem expressa em melodias. "Eu quero ver o Tio Sam de frigideira numa batucada brasileira."






Carolina Baldin Meira

Estuda jornalismo mas é avoada com nomes e datas. Tem dificuldade em segurar o riso, dispensar doces ou ficar sem música. Cheia de ideias guardadas, sorrisos esboçados, amores/emails não correspondidos. "Tão ruim é o fim sem sonho... Trago em mim o que suponho ir além do que é imposto. E isso me cai bem!"





Carolina Ito

Uma pessoa que não se cansa do "uníssono com a vida", como diria Caetano, e dos sons antigos e novos que chegam até os ouvidos de maneira inesperada. Adora fazer descobertas musicais. Acredita que a música vem sempre no momento certo e que se combina com o sentimento como a mão e luva. Também é estudante de jornalismo e tem predileção por MPB e jazz, mas não dispensa experimentalismos de outras partes do mundo.



Carolina Rodrigues

Mais do que estudante, amante de jornalismo. Acredito na escrita, na leitura, na música, na veracidade dos fatos (e principalmente das pessoas!), no brilho dos olhos, na autenticidade da risada, no romantismo, no otimismo e... por que não na vida? "Já não me preocupo se eu não sei porquê, às vezes o que eu vejo quase ninguém vê."




 Gabriela Passy

Incrivelmente eclética e mutável, ela pode ser azeda, amarga, doce e às vezes ácida. Não sabia para onde ir e acabou se encontrando - ou não - no jornalismo. Confusa, teimosa e facilmente irritável; ela é metade dança, metade música e mais metade de qualquer coisa que quiser colocar.




Julia Germano Travieso


Uma pessoa maluca, cuzona, amiga, comilona, viciada em natação, mão de vaca e apaixonada por música. "Não sou eu que tô confundindo, é confundindo que eu vou te explicando."





Mayara Abreu Mendes

Um pouco de pop, um tanto de indie, pitadas de música alternativa e também rock 'n' roll. Estudante de jornalismo, admiradora de idiomas, encantada com sorrisos, meio maluca, apaixonada pelo bom humor e apegada nas simplicidades da vida. Vejo na música um refúgio, um amparo, um ânimo e, por que não, um abraço. "Vou mostrando como sou e vou sendo como posso, jogando meu corpo no mundo, andando por todos os cantos e pela lei natural dos encontros, eu deixo e recebo um tanto."


Monique Nascimento

Alguém com muitas coisas rolando na cabeça, tudo junto ao mesmo tempo, mas tem preguiça demais pra colocá-las no lugar. Adora quadrinhos, filmes e, é claro, música. Adora ainda mais quando esses três itens estão juntos e combinados com amigos, pizza e cerveja. Acredita que todos nós "podemos ser heróis", mesmo que "só por um dia".




Vanessa Souza


8 e 80: realista e sonhadora, pessimista e otimista, pop e rock – e um pouquinho de soul. Resenhista amadora e um pouco orgulhosa. "Quem me ilumina, quem me detesta: guarda essa arma, guarda essa reza."