sábado, 25 de maio de 2013

Clipes de animação

Monique Nascimento

Clipes são ferramentas essenciais para atrair o público. Pensando nisso, os artistas inventam mil e uma maneiras de produzir seus videoclipes: tem aqueles com 15 minutos de duração e que envolvem uma grande produção; tem aqueles que contam com a participação dos fãs, que enviam imagens para fazer parte do vídeo ou ainda aqueles que gravados em shows e mostram bastidores das turnês, por exemplo. No meu caso, tenho um fraco por clipes com animação. Isso, desenhos mesmo. Geralmente esses vídeos são incrivelmente originais e eu fico imaginando todo o processo por trás da produção. Não à toa, alguns dos meus clipes favoritos são em animação. Por esse motivo, fiz um apanhado com 15 deles. Enjoy!

A-ha - Take on Me
Na época foi um sucesso, um dos primeiros clipes a ter uma produção desse tipo. Destaque para os momentos em que se mesclam as pessoas em carne e osso com a animação. E a música é um clássico também.


Gorillaz - Stylo
Não dá para falar de clipes de animação sem falar do Gorillaz. Mas só para contrariar (hehehe) escolhi um dos clipes da banda que menos conta com esse recurso. Em compensação, temos uma animação em 3D que se funde muito bem com o "mundo real" (uma coisa muito legal de se ver) e a participação do ator Bruce Willis.


Radiohead - Paranoid Android
O clima deprê dessa música não é por acaso. O nome da faixa é uma referência a Marvin, o Andróide Paranóide, personagem da série de livros O Guia do Mochileiro das Galáxias, conhecido por ser extremamente depressivo e entediado. Dirigido por Magnus Carlsson, o clipe tem traços simples, cores fortes e conta com o personagem Robin, da série de TV de mesmo nome, também dirigida por Carlsson.


Pearl Jam - Do the Evolution
Quando se fala em clipes de animação, Do The Evolution TEM que estar no meio. Não tem jeito. Um dos motivos, além da ótima música, é a arte concebida pelo quadrinista Todd McFarlane, que já trabalhou com personagens como Batman, Homem-Aranha, Hulk e criou Spawn, o Soldado do Inferno. Outro clipe (de animação, claro) dirigido por McFarlane é Freak on a Leash, do Korn.


Britney Spears - Break the Ice
Sem preconceitos musicais aqui. Esse clipe da It's Britney, bitch! (haha, não resisti) tem um trabalho de animação muito bom. Feito em estilo anime, contou com a direção de Robert Hales, mesmo diretor de Crazy, do Gnarls Barkley.


Daft Punk - One More Time
Outro clássico. Esse vídeo do Daft Punk faz parte da animação japonesa "Interstella 5555: The 5tory of the 5ecret 5tar 5ystem", dirigido por Kazuhisa Takenouchi, com a Toei Animation. Os clipes "Harder, Better, Faster, Stronger", "Aerodynamic", "Digital Love" e todos os outros do álbum Discovery são cenas do filme. Isso mesmo, se você assistir a todos os clipes, vai ver o filme todo!


Beatles - Lucy in the Sky with Diamonds
Esse é um trecho retirado do filme "Yellow Submarine". Cheio de psicodelia, mostra que a ideia de usar animação em videoclipes não é de hoje. O interessante é ver como a estética mudou de lá para cá.


Linkin Park - Breaking the Habit
Esse clipe foi dirigido por um dos integrantes da banda, o DJ Joe Hahn, que já trabalhou com efeitos especiais para a série Arquivo X. O clipe tem uma estética de anime e mostra que o talento de Hahn vai além da música.


Wilco - Dawned on Me
Momento "own". Esse clipe do Wilco tem aquele toque de nostalgia com essa animação do Popeye. É o primeiro cartoon do personagem desenhado à mão em mais de 30 anos. Uma raridade dirigida por Darren Romanelli.


Mika - Lollipop
Depois do preto e branco retrô do Wilco, temos a explosão de cores do Mika com a fofíssima Lollipop, que conta com elementos da história de Chapeuzinho Vermelho. Segundo Mika, a canção foi feita para sua irmã mais nova e, apesar de ser alegre e até infantil, fala sobre sexo. A voz da menininha que aparece no clipe não é da irmã, ao contrário do que se pode pensar, e sim da prima do artista. De qualquer forma, está tudo em família.


Oasis - The Masterplan
Esse vídeo do Oasis é um tributo ao pintor modernista L. S. Lowry. Como não poderia deixar de faltar em um trabalho da banda, há um referência aos Beatles logo no comecinho, aos 0:50. Mas só a representação do trejeito de Liam andando já vale a pena.


Gram - Você Pode ir na Janela
Quem nunca viu esse clipe e nunca quis matar essa gata desgraçada, biscate, que chifrou o pobre coitado do marido se emocionou? Ele foi dirigido pelo ex-vocalista da Gram, Sérgio Filho, que é ilustrador e também dirigiu o clipe Na sua Estante, da Pitty. Aí você pergunta: por que Na sua Estante não entrou nessa lista? É porque eu não gosto dessa música. Pronto falei.



Coldplay - Hursts like Heaven
Hurst Like Heaven foi dirigido por Mark Osborn, responsável também pela direção de Kung Fu Panda e do longa do Bob Esponja. Ponto pro Coldplay. O clipe, além de ser todo em animação, conta a história de jovens que fazem parte de um grupo de rebeldes em um mundo distópico. Outro ponto pro Coldplay. E isso tudo é contado em forma de quadrinhos. Mil pontos pro Coldplay!


Nando Reis - O mundo é bão, Sebastião!
Outro que ganhou vários pontos foi o Nando Reis, que fez O mundo é bão, Sebastião para seu filho e teve como resultado esse clipe fofo com ilustrações que remetem à infância.



Red Hot Chilli Pepers - Love Rollercoaster
Para encerrar, esse clipe do RHCP que faz parte da trilha sonora do filme Beavis and Butt-Head Detonam a América. E esse não é o único vídeo do Beavis and Butt-Head. Eles já "gravaram" essa pérola com a Cher.



Nenhum comentário:

Postar um comentário