sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Tom Zé em turnê pelo interior paulista

Show de “Tropicália Lixo lógico”, novo disco do baiano, chega a Lençois 
Paulista pelo Circuito Cultural

Carolina Ito

O cantor Tom Zé, que completou 75 anos em outubro, fez show em Lençois Paulista no último 
dia 11 depois de passar por Ourinhos e Garça.  O baiano está em turnê com as músicas de seu 
novo disco, “Tropicália Lixo Lógico", e esta reportagem fotográfica vai falar um pouco da  performance que acompanha o disco nos palcos


O show é uma das ações do
projeto Circuito Cultural
promovido pela Secretaria
de Estado da Cultura de São
Paulo. O salão de um clube
particular da cidade foi
cedido à prefeitura para a
apresentação de Tom Zé


A banda que acompanha o cantor é composta por Daniel Maia, Jarbas Mariz, Rogério Bastos, 
Felipe Alves, Lia Bernardes e Cristina Carneiro (esq. à dir.)








Jarbas Mariz (bandolim, viola, percussão e voz) é o braço direito de 
Tom Zé há décadas e, com frequência, completa os pensamentos 
inacabados do baiano durante o show







Uma das performances que marca a turnê do disco “Tropicália Lixo Lógico” é o rabo que compõe o figurino de Tom Zé. Ele explica que os faraós
usavam rabo para se aproximarem os deuses, portanto, ele também
deveria usar para falar de “entidades” da Tropicália, como Gil e Caetano





Outra parte marcante do show é quando cantor veste uma calcinha para interpretar a música “Ogodô”, que fala de um deus pagão. Ele justifica o uso da calcinha por cima da calça dizendo que os deuses pagãos eram hermafroditas






Em vários momentos, Tom Zé interage 
com o público e chega a tirar uma moça 
para dançar ao som “Xique-Xique”, uma 
canção  de forró que se tornou
popular no nordeste











Ao final do show, alguns discos e DVds de Tom Zé foram colocados à 
venda atraindo pessoas de várias idades que apreciaram o show inédito 
na cidade






Nenhum comentário:

Postar um comentário