segunda-feira, 6 de agosto de 2012

No passo da roda de Casuarina

Amanda Lima

Trilhos - Terra Firme (2011)
Com uma bagagem de onze anos juntos e de todo o cancioneiro do samba, Daniel Montes (violão), Gabriel Azevedo (voz e pandeiro), João Cavalcanti (voz e tantan), João Fernando (bandolim) e Rafael Freire (cavaquinho) formam um dos mais proeminentes grupos da nova geração do samba.

Eles já tocaram nas principais casas de shows da Lapa e, na Fundição Progresso, comandaram a roda de samba do Casuarina, da qual participaram, por exemplo, Roberta Sá, Gabriel o Pensador e BNegão.

No final do ano passado, a banda lançou seu quarto álbum, Trilhos - Terra Firme (2011), o primeiro completamente autoral e com canções inéditas. Nos três anteriores, Casuarina (2005), Certidão (2007) – ambos promovidos pela Biscoito Fino – e MTV Apresenta: Casuarina (2009), as faixas são, em sua maioria, regravações de outros artistas, como Sérgio Sampaio e Gordurinha.

Súplica Cearense by Casuarina on Grooveshark

Casuarina é a prova de que o samba não vive cambaleante no saudosismo de alguns. A banda carioca une toda a tradição do ritmo ao frescor da atualidade. Exemplo disso é o novo clipe do grupo, lançado na semana passada, com um aspecto homemade e descontraído. 


Trilhos - Terra Firme mostra a maturidade a que Casuarina chegou. As faixas Santo Pranto e Terra Firme expressam a capacidade da banda de se distanciar dos padrões comerciais do samba para explorar as características dos próprios músicos. Esse distanciamento, além de se mostrar nas letras, está presente também nas harmonias bem trabalhadas das faixas do disco.

Em Qual maneira, a melodia cadenciada se destaca e as baixarias comuns ao samba conduzem a canção:

Qual maneira by Casuarina on Grooveshark

Com o respaldo do samba, seja partido-alto ou samba-canção, Casuarina pega emprestados traços do choro, da bossa nova e do baião. E, no disco mais recente, põe toda essa mistura à prova em 14 criações próprias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário