sexta-feira, 20 de julho de 2012

Entre amigos

Amanda Lima

I'll be there for you when the rain starts to pour
I'll be there for you like I've been there before
I'll be there for you 'cause you're there for me too

I'll Be There For You by The Rembrandts on Grooveshark

Você provavelmente cantarola esses versos sem perceber quando assiste à abertura de Friends, o clichê dos clichês quando se fala em séries. E, sim, foi essa a trilha sonora escolhida para um post como este: em pleno dia do amigo. A primeira que vem à cabeça – minha, sua e de todos os brasileiros – deve ser Canção da América, de Milton Nascimento. Mas vamos modernizar aquela coisa de que Amigo é coisa pra se guardar/Debaixo de sete chaves/Dentro do coração.

Música é tão ligada à amizade quanto é ao amor, exceto pelo fato de existirem trilhões de composições a mais sobre amores perdidos do que sobre amigos encontrados. Para os românticos, parece mais simples rimar o amor do que a amizade. Rimar entre amigos, no entanto, já se mostrou ser bem produtivo, mesmo que o tema seja qualquer coisa bem diferente, como a história de uma certa Brasília amarela.

Minha Brasília amarela
Tá de portas abertas
Pra mode a gente se amar
Pelados em Santos

Os Mamonas Assassinas são sempre citados com carinho, talvez por terem criado um vínculo de amizade que foi além das relações que mantinham entre si. Eram amigos do público. A receita certa para o carisma construído por eles foi apostar nas piadas que surgiam entre os ensaios e deixar de lado os covers. O produtor Rick Bonadio foi só uma ponte entre aquela inovação toda e o sucesso da banda, ainda que efêmero.

Se um amigo deixa saudade, você com certeza se lembra com nostalgia daquela época em que escutava a fita cassete dos Mamonas no seu Walkman.


Amizade é algo tão antigo que você, meu amigo de fé, meu irmão camarada, ouve esse mesmo verso em especiais de fim de ano ou na vitrola de sua avó desde que nasceu. A obviedade dos recados de amigo não se repetem em canções de amor, que, por serem tão vastas, soam mais originais. Ainda assim, Chico Buarque, por exemplo, arranja uma harmonia para dar um parecer sobre o país a um amigo exilado, em tempos de ditadura militar.

Meu caro amigo eu quis até telefonar
Mas a tarifa não tem graça
Eu ando aflito pra fazer você ficar
A par de tudo que se passa

Meu caro amigo by Chico Buarque on Grooveshark

Rodrigo Amarante, Fabrizio Moretti
e Binki Shapiro em turnê no Texas
As músicas de Little Joy também são resultado de um trio que se juntou não para falar sobre amizade, mas para exercitá-la. O que saiu disso foi o álbum Little Joy, lançado em 2008. É estranho porque a gente nem sabia que ia ser um grupo. A gente começou fazendo música que nem amigos, disse o baterista Fabrizio Moretti à MTV Brasil, em fevereiro de 2009.

Rodrigo Amarante (ex-Los Hermanos) e Moretti (baterista do The Strokes) se conheceram durante um festival em Lisboa, no qual as duas bandas se apresentaram. Algum tempo depois, eles colaboraram no álbum Smokey Rolls Down Thunder Canyon, de Devendra Banhart. A musicista Binki Shapiro juntou-se a eles e, em uma casa em Los Angeles, trabalharam nas composições.


E, para terminar, uma música dedicada a todos aqueles que já tiveram amigos imaginários ou que trocaram desabafos com seus bonecos e bichos de pelúcia.

Amigo estou aqui by Pixar on Grooveshark 

@mandiml

Nenhum comentário:

Postar um comentário