sexta-feira, 6 de julho de 2012

De férias


Julia Germano Travieso

Contagem regressiva. O que nos espera? Viagens, passeios, livros, ficar acordado até tarde sem medo do amanhã e, principalmente, ficar sem fazer nada. Todo mundo já esteve de férias um dia e sabe como isso é bom, seja ela de uma semana ou três meses. Tudo fica lindo, e o mundo da procrastinação dá lugar ao universo da falta de compromisso - ou para alguns, da monotonia. 

Os que acordam cedo e esperavam ansiosamente pela TV Globinho deram com a cara no muro ao se ver em um Encontro com a Fátima (a versão rica dos Casos de Família). Uma outra situação tensa é a dos que saem de férias enquanto os amigos trabalham, o que só fica pior se for ao contrário.

Mas vamos deixar os entediados de lado e partir para o que interessa: música, é claro. As férias são um período que permitem som alto - duvido que você leitor possa dizer que não curte música alta. Seu irmão que presta ITA já não tem mais moral para reclamar, se quiser silêncio, terá que ir estudar em outro canto e o escritório se torna uma pista de dança, uma beira de praia ou um lugar quentinho e aconchegante. 

A progressão das férias é meio parecida para todo mundo. A gente começa animado, aí cai no tédio, depois arranja festas, programações relaxantes, viagens, saídas com os amigos e no fim, cai na depressão porque elas estão acabando. É essa a playlist que vai te acompanhar através dessas fases todas. 


Um comentário:

  1. "You're beautiful" é para os momentos de depressão né? Entendi.. hahahah

    ResponderExcluir