terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Plágio ou homenagem: eis a questão

Mayara Abreu Mendes

Uma música nova é lançada. Você resolve ouvi-la. De repente, você percebe que essa nova música tem algo muito parecido com uma antiga que você costumava gostar. E aí começa o dilema: seria a música nova um plágio? Ou seria apenas uma influência musical?

Essa dúvida quase nunca é sanada, a não ser que a banda acusada de copiar a música de alguém assuma o plágio, mas isso raramente acontece. Além disso, muitas bandas alegam que o possível plágio é, na verdade, uma homenagem à outra banda, ou até mesmo dizem que utilizaram a música original como inspiração.

São inúmeras as músicas com alguma semelhança. Pesquisando na internet, pude encontrar diversos sites, vídeos e notícias sobre o assunto, com diversos exemplos de músicas "plágio". Portanto, escolhi algumas músicas polêmicas, outras engraçadas e contei também com algumas sugestões das meninas do blog e de alguns amigos meus.


O primeiro par de músicas veio de uma conversa com meu veterano Bóvis. Ele me enviou dois vídeos e disse para eu ver a semelhança nas músicas. Uma delas é a clássica U Can't Touch This, do MC Hammer. A outra é Xereta, da saudosa dupla Claudinho e Buchecha. A base das músicas é a mesma!

Outras duas músicas com batidas bem semelhantes são Every Teardrop Is A Waterfall, do famoso por cópias Coldplay e Dynamite, do Taio Cruz. Certo dia, eu a Vanessa Souza estávamos conversando sobre a música do Coldplay quando ela disse achar que tinha alguma música muito parecida com Every Teardrop, mas não lembrava qual. Eis que fiquei com ela na cabeça e comecei a cantar a do Taio Cruz automaticamente, sem me dar conta de que era outra música.



A Carol Baldin sugeriu a música Don't Look Back In Anger, do Oasis, que tem o início bem semelhante ao de Imagine, do John Lennon.


O Oasis se envolveu também em outra acusação de plágio. Mas dessa vez eles foram os copiados. A música Boulevard of Broken Dreams, do Green Day, foi acusada de ser plágio da tão famosa Wonderwall.

Não é só na música internacional que os possíveis plágios aconteceram. Um exemplo de "plágio" nacional é a música Já Sei Namorar, dos Tribalistas, com Family Affair, da banda Sly and the Family Stone.


Além desses exemplos, há também um vídeo com outros 20 pares de músicas "copiadas".


6 comentários:

  1. Má, este post deu trabalho heinnnnn... mandou bem.

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu acho que é plágio a partir do ponto que se copia descaradamente sem dar os devidos créditos. Do contrário é uma grande homenagem, um afirmação de que aquilo inspira sua arte!
    Creio que os artistas têm de ser um pouco mais generosos, ainda mais na era do mp3!
    Mas olha só: Every Teardrop is a waterfall foi baseada na música do Peter Allen "I go to Rio": http://www.youtube.com/watch?v=DMCUd3vHeeQ

    Ótimo texto.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ulisses! Obrigada pelo comentário, de verdade! Concordo muito com a sua opinião! :)
    Ah, e quanto à música Every Teardrop Is A Waterfall, tem muitas músicas que serviram como base e muitas delas são sempre faladas, como I Go To Rio, que o próprio Chris Allen assumiu como base. Então preferi fugir do lugar comum e escolhi uma música menos comentada!

    ResponderExcluir
  4. Foi mal... tentei ensinar a missa ao vigário....rs

    ResponderExcluir
  5. Que isso, cara! É sempre muito bom receber retornos como o seu, que complementam o post e ainda dão uma opinião boa! Obrigada :D

    ResponderExcluir
  6. Nossa,amiga! Parabéns,poxa.Adorei,mesmo.Até fiquei com umas músicas na cabeça,e da até pra ver umas certas semelhanças,sim!

    ResponderExcluir