terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Ao eterno Chaves

Uma homenagem ao grande ator que, felizmente, não morreu!

Marina Rosanese

Foto: Divulgação
Recebi ontem uma notícia que me deixou um pouco perplexa. Mais perplexa ainda ao descobrir que não passava de uma falha de comunicação. O fato é que faleceu ontem, em Barcelona, o escritor chileno Roberto Bolaño, de cinquenta anos. Algumas pessoas confundiram o escritor com o comediante Roberto Bolaños, intérprete de Chaves e de Chapolin Colorado. Para piorar a confusão, alguns veículos informaram que o próprio ator desmentiu a informação pelo Twitter, quando, na verdade, foi um perfil fake que o fez.

De qualquer forma, a possível morte do ator que deu vida a um personagem tão familiar a tanta gente, me fez pensar na grandiosidade da série. É impossível pensar no seriado Chaves sem pensar, também, em suas canções. Dessa forma, para meu post de hoje para o Play This Beat, me inspirei nas músicas do Chaves, que tanto nos lembram nossa infância.

Foto: Divulgação
A primeira música que destaco, dentre muitas outras ao longo dos vinte e um anos da série, é Jovem Ainda. A canção tem melodia e letra um tanto singelas que, no entanto, trazem uma mensagem bem significativa. Alguns podem até considerá-la um clichê, mas é positiva: “Se você é jovem ainda, amanhã velho será. A menos que o coração sustente a juventude que nunca morrerá! Existem jovens de oitenta e tantos anos, e também velhos de apenas vinte e seis.”.

Jovem Ainda by Chaves on Grooveshark

Citarei agora uma música em sua versão original em espanhol: Buenas Noches Vecindad. Escolhi essa porque acho interessante conhecer as músicas como foram gravadas originalmente, com as vozes dos próprios atores. Além disso, é uma das canções de que mais gosto. A letra aborda a amizade, em versos como: “Prometamos nos despedir sem dizer adeus jamais, pois iremos nos reunir muitas vezes mais”. Assista ao vídeo.



A última música que mencionarei aqui é uma das mais populares do Chaves. No entanto, acredito que poucos conhecem sua versão original e completa. Me refiro à canção Otra Vez, do compositor mexicano Ignacio Fernández Esperón, nascido em 1894 e mais conhecido como Tata Nacho. A música, cuja letra romântica a faz parecer uma declaração, foi interpretada na série pelo Seu Madruga e, também, pelo Professor Girafales. Ouça a original de Tata Nacho

Quiero Ser by Ignacio Fernández Esperón (Tata Nacho) on Grooveshark

Nenhum comentário:

Postar um comentário