quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Samba 808, o novo álbum de Wado

 Julia Germano Travieso

Conheci hoje um cantor de Maceió chamado Wado, que lançou seu disco novo, Samba 808, nessa terça-feira (18), e este está disponível para download gratuito no site oficial

O quinto álbum do artista foi composto na íntegra segundo o princípio do 'do it yourself', totalmente independente. A justificativa? Estar em uma gravadora significava ajuda na distribuição e divulgação do disco, mas como as gravadoras perderam visibilidade e a internet é um eficiente caminho para espalhar seu trabalho, o cantor concluiu que essa seria a melhor saída.

Wado
Foto: myspace.com/wwwado/photos
O artista já vem tirando suspiros da crítica e dos indie-maníacos desde 2001 com O Manifesto da Arte Periférica. Evoluindo musicalmente e deixando de lado um pouco da urgência do primeiro álbum ele lançou mais três, Cinema Auditivo, A Farsa do Samba Nublado e Atlântico Negro. Samba 808 é o expoente dessa tendência e conta até com participações especiais de gente como Zeca Baleiro, Curumim, Fernando Anitelli e Chico César, entre outros.

Em Com a Ponta dos Dedos, Wado canta com Mallu Magalhães e Marcelo Camelo, exibindo uma mistura interessante entre elementos de rock, samba, eletrônica. Em Esqueleto, a parceria com Curumim adiciona à música a cara do hip-hop. Vai Ver pode ser classificado como uma fusão bem sucedida entre o pop e o folk. Qual não foi minha surpresa quando ouvi Não Para? A música une a letra e a batida do funk carioca com o samba e traços da música eletrônica.

Se você me perguntar "Qual é o estilo desse álbum?", eu não saberia responder com precisão. É uma loucura, muito bem estruturada, que merece um espaço no seu iPod. Ouça Vai Ver, uma das minhas preferidas:

Nenhum comentário:

Postar um comentário