quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Mulheres na música

Monique Nascimento*

Quando me disseram que eu poderia fazer um post para o Play This Beat, me disseram também que eu poderia escrever sobre o que eu quisesse. Ora, estamos em um blog musical feito por oito mulheres, certo? Por que não classificar oito das mulheres mais importantes do mundo da música?
Mulheres que respiram e vivem música. Oito mulheres com personalidades e gostos diferentes. Oito mulheres extremamente talentosas. Oito mulheres que, à sua maneira, mudaram o mundo da música. Oito mulheres assim como as criadoras deste blog! Vamos a elas:


Aretha Franklin:



A 'Rainha do Soul' já foi eleita a maior cantora de todos os tempos pela revista Rolling Stone e foi a primeira mulher a fazer parte do Rock’n’Roll Hall of Fame. Ganhou 17 Grammys em sua carreira, incluindo um prêmio de Lenda da Música em 1991. Gravou o primeiro disco aos 14 anos e, desde então, não parou mais. Se você nunca ouviu o maior clássico de Aretha, Respect, de 1967, você não merece meu respeito!


Debbie Harry:



A vocalista da banda Blondie, que surgiu em meados dos anos 70, foi uma das pioneiras no rock, sendo, inclusive, considerada musa do estilo. Debbie já teve outras bandas menores no começo da carreira e foi até coelhinha da Playboy! Há boatos que de Debbie serviu de inspiração para Madonna no começo da carreira. Tá bom ou quer mais?


Beth Ditto:



Atitude. Essa palavra define a vocalista e frontwoman da banda The Gossip. Beth tem uma presença de palco de dar inveja a muita gente. Gorda, lésbica e feminista. Foi eleita a 'Mulher Mais Sexy do Ano' na NME Awards, em 2007. Beth se assume do jeito que é, quebrando padrões de beleza e de comportamento, além de fazer um indie rock delicioso de ouvir.


Lady Gaga:



Muita gente ama. Muita gente odeia. O fato é que não é possível ficar no meio termo quando o assunto é Lady Gaga. Gostando ou não, ela chacoalhou o mundo (não só da música). Em 2010, ficou na entre as 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista Time. Polêmicas sobre sua vida pessoal, sua carreira ou seu jeito de se vestir não incomodam a cantora, compositora e ícone fashion. Stefani Joanne Angelina Germanotta surpreende, choca, agrada e tem o seu lugar garantido na história da música.


Joan Jett:


Tá aí uma roqueira de verdade. Foi eleita a 87ª melhor guitarrista de todos os tempos pela Rolling Stone. A única mulher, além de Joni Mitchell, na lista. Era guitarrista e vocalista da banda The Runways, que fundou junto com Cherie Currie, composta somente por mulheres. Se você já gritou o refrão “I Love Rock’n’ Rooooooll”, é graças a ela!


Madonna:



Bom, não tem muito o que falar dessa mulher né? Ou melhor, tem muita coisa! Ela já foi loira, morena, ruiva, sex symbol, mãe de família, cantora, cineasta, dançarina, atriz, escritora infantil e polêmica em todos os momentos. Foi eleita a 'Artista musical feminina mais bem sucedida de todos os tempos' pelo Guiness e, segundo a Billboard, é a segunda maior artista de todos os tempos, ficando atrás somente dos Beatles. Madonna tem o poder de se reinventar constantemente e, com isso, sempre nos surpreender!


Rita Lee:



Tínhamos que ter uma representante brasileira nessa lista, e ninguém melhor que Rita Lee pra assumir o posto. Bem jovem, com 19 anos, Rita já integrava Os Mutantes junto com Arnaldo Baptista e Sérgio Dias. Uma mulher cantando rock psicodélico no meio da ditadura militar no Brasil. Preciso falar mais? Depois de deixar a banda, Rita seguiu fazendo sucesso e está na ativa até hoje. Ela é uma dessas mulheres que nos deixam com orgulho de ser brasileira!


Janis Joplin:



E, por último, mas não menos importante, a incrível Janis. Com sua voz inconfundível, suas influências folk, blues, jazz e sua participação épica no Festival de Woodstock, Janis marcou não só uma geração, mas toda a história do rock e serviu de inspiração para muitas outras mulheres independente do estilo musical. Sua música é atemporal e seu legado durará por muito tempo ainda.

 

Sim, eu sei, oito é pouca coisa e falta espaço pra tanta mulher! Portanto, sintam-se à vontade para deixar seus comentários e citar mais algumas.


*Essa foi uma colaboração especialíssima de Monique Nascimento para o Play This Beat!

4 comentários:

  1. Dêem uma olhada na carreira da Cher #ficadica

    ResponderExcluir
  2. Faltou a Sandy, a Joelma, Cláudia Leittttte e Stefany do Cross Fox. Mas a lista tá ótima!

    Falando sério agora, essa lista ficou sensacional. Mais sensacional ainda só a autora.

    ResponderExcluir
  3. Hmmm axo que a amy representa muito mais como música do que a beth....mas é discutível...a lista ficou mto boa...

    ResponderExcluir
  4. Muito, muito bom! As mulheres são indescritíveis, mas você se saiu muito bem nessa tentativa de descrever justamente essas grandes mulheres, Monique! Viva nós! =)

    ResponderExcluir