segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Sabonetes mostra um pouco do rock curitibano em seu primeiro álbum

Vanessa Souza

O ano era 2004. Quatro estudantes de comunicação social (como as lindas que escrevem neste blog) da UFPR decidiram montar uma banda. A noção de que esse projeto pudesse dar certo era tão pequena que até o nome do grupo foi inventado às pressas antes do primeiro show da banda, no centro acadêmico do curso deles. Mal sabiam eles que, seis anos depois, estariam morando em São Paulo e teriam um disco lançado.

O primeiro clipe da banda curitibana foi ao ar na internet em outubro de 2009. Quando Ela Tira O Vestido foi gravado em três dias na casa dos integrantes da banda e editado por eles mesmos.


Em 2010 veio o primeiro álbum: o homônimo Sabonetes foi disponibilizado na íntegra pela banda para download no site oficial. No mesmo ano, em dezembro, o disco foi relançado pelos selos Cornucópia Discos e Midas Music. Foi aí que o single Hotel foi lançado. O carro-chefe do álbum é um pop rock com um refrão fácil de decorar.

Créditos: Cesinha Ovalle
As outras canções do álbum também seguem essa linha: Nanana abre o álbum com bom humor e refrão chiclete, mesmo com a letra sugerindo o fim de uma relação. Já em Descontrolada, a batida forte reflete o clima de festa descrito na letra. Onde Vai Parar faz a vez da balada do disco e Boleros mostra o lado indie da banda, com um final instrumental ‘viajante’. Para terminar o disco, Marca Página parece terminar também um relacionamento, mas sem o bom humor da primeira faixa.

Sabonetes é aquela banda para se ouvir em qualquer momento da vida, a qualquer hora do dia. Um pouco rock, um pouco pop e também um pouco alternativa, ela tem uma música para cada momento e cada humor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário