quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Não é só de samba que vive a música brasileira no exterior!

Depois de odisséia pelo Brasil, produtor britânico lança coletânea de músicas alternativas brasileiras na Inglaterra. 

Julia Germano Travieso 


Imagine-se sendo um inglês, que gosta muito de música e sai da Inglaterra para vir dar uma volta num país de dimensões continentais como o Brasil. Pois foi exatamente o que aconteceu com o produtor britânico Lewis Robinson.

Depois de visitar nosso paraíso tropical cinco vezes e passar por Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Belém e Goiânia, Robinson voltou para a Europa com exemplares de música que deixam bem clara a diversidade cultural brasileira.


Esquecendo um pouco os estilos musicais mais famosos do Brasil (o samba e a bossa nova), o produtor reúne, em um combo de dois CDs, quarenta faixas com o melhor dos sons alternativos do país. Lançado por aqui em fevereiro pela Tratore, ele se define, na contracapa, como um retrato dos sons “alternativos brasileiros, do pop, rock, folk, dub e eletrônica, entre a tropicália, mangue beat, tecnobrega, carimbó e punk forró.”.


Dentro dessa coletânea estão bandas que começam agora a dar seus primeiros passos rumo ao estrelato como: Tulipa, Do Amor, Orquestra Contemporânea de Olinda, Instituto, Cidadão Instigado, Curumim, Jam da Silva; e outras menos conhecidas, mas que merecem toda atenção: Catarina Dee Jah, Maderito & Joe, BaianaSystem, Gaby Amaratos, DJ Tudo, Burro Morto e Mini Box Lunar.

Em entrevista para a revista Rolling Stone, Robinson diz “Os 'gringos' não entendem as dimensões [do país]. Ir de São Paulo ao Macapá é como ir de Londres a Istambul. Não é a toa que tem tantas influências doidas.” E com a intenção de apresentar essas novas estrelas para o público europeu, Robinson adianta que levará os artistas reunidos no álbum para uma turnê pela Inglaterra.

A coletânea é muito bem elaborada e apresenta ao mundo todo, inclusive ao Brasil, artistas da nossa cena musical alternativa. Os músicos misturam instrumentos e estilos para compor obras fantásticas. Ouvir esses CDs leva a gente para todos os cantos do país. Pra quem estiver interessado, o disco pode ser encontrado para download no iTunes

Veja agora o vídeo de Amarelasse do Mini Box Lunar:

Um comentário: